Ranking/ Pontuação 2018


 

1. Classificação dos eventos

Classif / ClasseCICL1 
PRO
CNCL1CECL2CL3CL4CL5
40040030020020070503012
36036027018018060302010
3403402551701705020129
3203202401601604012108
300300225150150301097
28028021014014020986
26026019513013012875
24024018012012010764
2202201651101109653
10º2002001501001008542
11º1801801359090743 
12º160160120808063  
13º140140105707052  
14º1001007550504   
15º60604530303   
16º2020151010    
17º18181399    
18º14141077    
19º1010755    
20º66433    


CI – Campeonato Internacional. A pontuação adquirida em provas internacionais disputadas pelo atleta terá peso 2 em relação a provas de Classe CL 1 , conforme tabela acima. Válido para eventos com classificação UCI.

CL1 PRÓ - Somente válido para as categorias Junior, Pró Masculino, Pró Feminino e Master Pró.

CN – Campeonato Nacional

CE – Campeonato Estadual


§ 1 - As Copas Estaduais possuem peso de uma classe menor que os Campeonatos Estaduais, sendo assim, como exemplo, temos: a Copa Mineira pontua CL2 e o Campeonato Paulista CE.

§ 2 - As Copas Nacionais possuem peso de uma classe menor que os Campeonatos Nacionais, sendo assim, como exemplo, temos: a Copa Brasil pontua CL1 e o Campeonato Brasileiro CN.

§ 3 – Os campeonatos e copas estaduais somam pontos para o ranking nacional de MTB de sua respectiva modalidade, desde que a Federação de origem tenha formalizado a solicitação de inclusão no ranking conforme procedimentos administrativos da CBMTB.

§ 4 - As provas inclusas pela primeira vez no ranking serão classificadas como CL5. O upgrade da mesma será anual e depende da avaliação do comissário.

§ 5 - No caso de uma prova valer para dois "rankings" (Ex.: Copa Mineira e Copa Brasil), terá como referência de pontuação o maior valor, no caso a Copa Brasil.

 

2. Pontuação


§ 1 - Somente atletas devidamente filiados à CBMTB somarão pontos para o ranking nacional e estadual das modalidades.

§ 2 - A pontuação começa a ser computada a partir do momento em que o atleta estiver filiado. Provas anteriores à sua filiação não serão computadas.

§ 3 - A apresentação da licença da CBMTB no momento da inscrição ou confirmação da mesma no local é obrigatória para computar pontos no ranking.

§ 4 - Nos campeonatos estaduais (CE) e em outros de classes inferiores, é permitida a participação de atletas de outros estados. Independente do estado de filiação, os atletas filiados à CBMTB terão seus pontos computados nos rankings estaduais e nacional.  

§ 5 -Em caso de empate na classificação final do ranking ou nas Copas obedecer-se-á ao seguinte critério para desempate:


1) Maior número de primeiros lugares;

2) Persistindo o empate, será o desempate efetuado pelo maior número de segundos lugares, e assim sucessivamente, com as classificações subseqüentes;

3) Persistindo ainda o empate, o critério desempate será a data de filiação mais antiga.


Deixe seu comentário

Comentários:

Leia também:

Página com vídeos

x